quinta-feira, 30 de abril de 2009

Se Houver...

Se houver fraqueza

Que seja por saudade

Se houver sofrer que

Seja por amar

Se das palavras me faço

Me desfaço em carinho

Não abro mao do sossego

Não fecho a porta a paixão

Siga-me e, conhecerás caminhos

Onde sol tem calor, o luar brilho

O beijo mel, e o abraço conforto

Na lucidez do momento, perdurara

Na lembrança, a dádiva do

Passado vivido

1 comentários:

ღ ღ ღ Vanderléia Silva ღ ღ ღ disse...

Oi querida, que lindo o poema,
aliás seu blog tá lindo!!!!

Seguidores

 
TOPO
©2007 Eneida Lovely Por Templates e Acessorios